Dica 027 – Não escreva em letras maiúsculas

Se na Internet, e a escrever um comentário, email ou em “chat” não escreva em letras maiúsculas. Escrever um texto em letras maiúsculas significa que está a “gritar, berrar ou chateado”. Um texto colocado dessa forma pode denotar outro sentido, mesmo sem querer. Outras breves “recomendações” que habitualmente se chama de netiqueta: Não escreva a […]

Ler Mais

Dica 026 – Usar vírgula com a conjunção “e”

De forma geral não se usa vírgula com a conjunção “e” pois estariam ambos a funcionar como “elementos de ligação” na frase ou na entoação e construção da mesma. Exemplo: Correto: Um texto sobre dúvidas e erros. Incorreto: Um texto sobre dúvidas e, erros. Incorreto: Um texto sobre dúvidas, e erros. No entanto, existem casos […]

Ler Mais

Dica 025 – Uso do prefixo mini

Mini é um prefixo que denota algo pequeno ou menor que o tamanho normal. Ou seja, e numa versão mais técnica, é uma redução utilizada para os substantivos pospostos ao elemento antepositivo mini- ( por exemplo, minidicionário ). A pergunta que surge é quando devemos usar mini com hífen ( mini- ) ? Existe uma […]

Ler Mais

Dica 024 – Cuidado em dizer “através”

Através deve ser usado no sentido de se atravessar algo e jamais no sentido de instrumento para alcançar um objetivo. Ex: “Encontrei essa informação através de um livro”. O correto é “Encontrei essa informação por meio de um livro”. Ou ainda, “Encontrei essa informação por intermédio de um livro”. As expressões por meio de e […]

Ler Mais

Dica 023 – Hífen em palavras compostas iniciadas por recém

Breve dica da utilização de hífen em todas as palavras compostas iniciadas por recém. Sempre que utilizar recém como elemento de composição no sentido de passar a ideia de há pouco e de recente lembrem-se que implica sempre o uso de hífen. Exemplos: recém-admitido, recém-batizado, recém-casado, recém-convertido, recém-conquistado, recém-falecido, recém-ordenado, recém-ouvido, recém-publicado, recém-nascido. Dúvidas como: […]

Ler Mais

Dica 022 – Não é “às custas ” nem “em vias”

Uma breve dica sobre um erro comum e habitual que é escrever: Vive “às custas” da mãe. O correto é Vive “à custa” da mãe. Também se encontra em bastantes texto a expressão: [..]em vias de[..] quando o correto é [..]em via de[..]. Exemplo: “Espécie em via de extinção.” ou “Obra em via de conclusão.” […]

Ler Mais

Dica 021 – A palavra erre como substantivo!

A palavra erre é habitualmente entendida como formas verbais do verbo errar. O que está correto, e existem quatro formas verbais! Ex: primeira pessoa do singular do presente do subjuntivo do verbo errar No entanto como substantivo, erre significa a nome da décima oitava letra do alfabeto latino, representada pelos símbolos “r”, “R” e existe […]

Ler Mais

Dica 020 – Estude textos dos seus autores favoritos

Uma das formas de escrever melhor e saber construir narrativas é estudar textos de autores conceituados. Se for um dos seus autores favoritos – melhor ainda! Tenha em atenção que esta leitura não deve ser entendida como puro entretenimento mas sim com o objetivo de estudar como o autor nos passa a sua ideia. Como […]

Ler Mais