A forma correta de escrita é damo-nos de acordo com a Língua Portuguesa.

Ou seja, existe omissão da letra “s” final na desinência -mos.

Damo-nos = [nós] damos + nos (clítico), ou seja, estamos perante a terminação da primeira pessoa do plural -mos, seguida do clítico nos.

Dada a homofonia entre as duas terminações ( “mos” e “nos” ), a língua encontrou uma forma de as distinguir, dita a «dissimilação das sílabas parafónicas», isto é, a letra “s” cai na desinência -mos.

A Kara e eu damo-nos muito bem.
Se pararmos agora, então damo-nos por vencidos.
Agora damo-nos conta dos prejuízos que daqui derivam.

Obs: aplica-se somente aos casos em que o pronome enclítico (depois do verbo) é -nos e estamos na primeira pessoa do plural

Outros exemplos:
salvamo-nos
vemo-nos
estamo-nos

Damos-nos não está correto na Língua Portuguesa.


Referências

Exemplos pronomes átonos (ligados a formas verbais): me, te, se, lhe, nos, vos, lhes, o, a, os, as.