As duas formas – concluí e conclui – existem na Língua Portuguesa.

Ou seja, ambas as expressões estão corretas e são formas verbais do verbo concluir mas empregues em diferentes pessoas gramaticais/tempos verbais.

Concluí, com acento agudo na vogal “i”, é a primeira pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo e a segunda pessoa do plural do imperativo do verbo concluir.

eu [ concluí ], concluí [ vós ]

Concluí que aquilo não era a vida que eu queria.
Eu concluí essa tarefa e finalmente, 5 semanas depois, pude terminar o projeto.

Obs:
pretérito perfeito = referente ao passado

Conclui, não acentuado, é a terceira pessoa do singular do presente do indicativo e a segunda pessoa do singular do imperativo do verbo concluir.

ele; ela; você [ conclui ], conclui [ tu ]

E com isso ele conclui a sua história.
Ela conclui o comunicado dizendo que irá investigar o responsável pela publicação.

Obs:
presente do indicativo = referente ao presente, que está ocorrendo no momento ou que não dependem de um tempo específico