A forma correta de escrita é assim de acordo com a Língua Portuguesa.

Ou seja, não existe separação de termos; é escrito junto e com dois “s”.

Assim significa desta, dessa ou daquela maneira; portanto, por conseguinte, assim sendo.

Assim, não vamos lá!
Quem fala assim não merece atenção.

A sim no sentido da dúvida em causa não está gramaticalmente correto na Língua Portuguesa.

Poderá haver frases as quais a construção possa conter [..] a sim [..] mas é fora do âmbito da dúvida que é mencionada aqui.

Com algumas dúvidas este exemplo talvez possa ser válido:
Passou a sim depois do impulso eléctrico :: estamos a falar em linguagem binária em que sim corresponde a 1 e não corresponde a 0.

Notar que as interjeição seguintes fazem sentido: Ah! Sim! ou Haaa! Sim!


Referências

Advém do latim ad + sic.